Porandubas nº 259

Filho inepto Velhos tempos. Tempos de deboche e criatividade. O deputado Luís Viana Neto estava na tribuna da Câmara : - Filho e neto de governadores da Bahia......

Porandubas nº 260

Compre um paraquedas Na Escola Superior de Cinema da PUC de Minas Gerais, o professor Pedro Paulo Santos lecionava a filosofia da arte. Inteligência fulgurante. Domi...

Porandubas nº 261

Twitter Para aqueles com acesso à rede, aqui está meu endereço no Twitter : @GaudTorquato E vamos aos nossos flashes e traques. Lei-te, Murilo, Lei-te Seb...

Porandubas nº 262

Lugar de almirante Sandra Cavalcanti era deputada da Arena, foi ao interventor Faria Lima : - Almirante, tenho três reivindicações do partido para tratar com o ...

Porandubas nº 263

Ô friagem ! Mais uma vez, abro a Coluna com Minas Gerais. Minas Gerais é, por excelência, o território dos "causos" da política. Em Rio Espera, na boca da Zona da ...

Porandubas nº 264

Nas terras de Kaddafi E já que Kaddafi vive momentos finais, pincemos aqui uma historinha de Sebastião Nery nas terras do ditador. Uma delegação de onze deputados do...

Porandubas nº 265

D'água ! D'água ! Historinha dos tempos de chumbo ! Newton Coumbre, pernambucano atrevido, passava em frente ao quartel de Obuzes de Olinda, logo depois do golpe de...

Porandubas nº 266

Infame, mas engraçada.....! Dirran (com "biquinho" para parecer um francês correto), galego meio sarará, entroncado e de pernas curtas, jogava no Clube Atlético Pote...

Porandubas nº 267

Mata-o-bicho Começo com o monsenhor Aristides Rocha, mineirinho astuto, que fazia política no velho PSD e odiava udenistas. Ainda jovem, monsenhor foi celebrar missa e...

Porandubas nº 269

Morra tranquila, mamãe Fernando Leite, filho do senador Júlio Leite, era presidente da Assembleia de Sergipe quando Seixas Dória era governador. Conta Sebastião Ne...

Porandubas nº 270

"O carro atolou-se" Walfredo Paulino de Siqueira foi um típico coronel da política pernambucana. Escrivão de polícia, comerciante, deputado, industrial, presidente...

Porandubas nº 271

E minhas ordens, tenente ? Camilo de Holanda, presidente da Paraíba (nessa época, 1916/1920, governador era presidente), tinha uma namorada. Mas a namorada era mulh...

Porandubas nº 272

Zeca I Abro a coluna com Zeca Boca de Bacia, que fazia a alegria do povo em Campina Grande/PB. Personagem folclórico, amigos de políticos. Dava assessoria informal ...

Porandubas nº 341

Eleições diretas Durante a campanha pelas Diretas Já, em 1983/84, o jornal Folha de S.Paulo transformou o assunto em sua bandeira, até com uma fitinha verde-amarel...

Porandubas nº 340

Não publique, por favor Abro a coluna com uma historinha do inconfundível Jânio Quadros.. Pouco antes de deixar a prefeitura de SP pela última vez (encerrava al...

Porandubas nº 274

Mudou de nome ? Mariana, em Minas Gerais, já foi chamada de Roma brasileira. Terra de fé e de velhas igrejas. E cheia de placas com nomes engraçados nas ruas : -...

Porandubas nº 275

Um sonho com Deus Era o ano de 2006. A campanha ao governo de Alagoas estava "fervendo". Um candidato muito conhecido no Estado pelas presepadas, cujo nome, por motiv...

Porandubas nº 276

As galochas, padre, as galochas ! Um padre da paróquia de Caratinga procurou, um dia, o renomado médico, Dr. Edmundo Lima. Queixava-se de um prosaico, mas renitente...

Porandubas nº 277

Idôneo, o comandante Em certa cidade fluminense, o chefe local era um monumento de ignorância. A política era feita de batalhas diárias. Um dia, o chefe político...

Porandubas nº 279

Humildade argentina A Argentina declara guerra à China ! Comoção geral. Após consulta popular feita na "Plaza de Mayo", a Argentina enviou uma mensagem à Repúbl...

Porandubas nº 280

Maranhão Historinha do Maranhão. O desembargador Deoclides Mourão, tio do escritor, jornalista e poeta Gerardo Mello Mourão, fez acordo com Urbano Santos para can...

Porandubas nº 281

Em diagonal Severino Cabral foi prefeito de Campina Grande (PB), vice-governador, chefe político de muitos votos. E conhecido pelas tiradas engraçadas. Uma tarde, n...

Porandubas nº 282

Plena absolvição O rapaz, advogado novo em Princesa Isabel, Paraíba, ia defender um criminoso de morte a faca. Procurou o coronel Zé Pereira, dono da cidade : ...

Porandubas nº 283

Família plural Abro a coluna com uma deliciosa historinha de Valério Mesquita, um potiguar contador de "causos", afamado pela verve. Comício em Brejinho. Terra d...

Porandubas nº 284

Quatro chinelas O médico Francisco Ibiapina, do Jaguaribe, Ceará, tratava com muito zelo de um cliente recém-casado e acometido de forte gripe. O clínico fazia pr...

Porandubas nº 285

A leveza da coluna é administrada pelos "causos" da política. Hoje, dou férias às historinhas, muito solicitadas pelos leitores. Mas o jargão jurídico tem também a...

Porandubas nº 287

Que barbeirinho filho de uma figa...! Djalma Marinho, deputado estadual de 47 a 50 e federal de 51 a 81, era compadre do barbeiro de Nova Cruz, sua cidade natal. Um d...

Porandubas nº 288

O promotor e o senador Participando de uma solenidade na cidade de Jardim de Piranhas, no Seridó, o senador Dinarte Mariz é ovacionado por dezenas de pessoas. Uma f...

Porandubas nº 289

Uma infelicidade Em Caruaru, PE, o Coronel João Guilherme, senador estadual e chefe político, comprou a um matuto um cavalo de sela. Cavalo bonito, mas com a pálpe...

Porandubas nº 290

Cambada de ladrões Cabralzinho, líder estudantil em Campina Grande/PB, foi passear em Sobral, no Ceará. Chegou em dia de um formidável comício. No palanque, long...

Página 11 de 14« Primeira...910111213...Última »